Copagamento sanitário, maldade civil (conjecturada) e os tempos que vêm

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Copagamento sanitário, maldade civil (conjecturada) e os tempos que vêm

Mensagem  paulo em Dom Jul 17, 2011 3:46 am

O fascismo substenta-se adoito nos terrenos traçados pelo imaginário popular; é fácil erradicar direitos coletivos (vejamos funcionários) quando o imaginário popular deitou baixo os pés deles um campo semeado de minas; com efeito, ninguém vai chorar pelos funcionários "quando estejam mortos".

O imaginário popular, do qual fazemos parte todos, quando nalguma altura presumimos da existência inequívoca da picaresca em todos os terrenos da vida civil, favorece muitissimo o trabalho do fascismo; assim a crença (aínda hoje assumida por toda a sociedade politicamente bempensadora, abanada de direita a esquerda, na maldade natural dos judeus faz que se possa dar nalguma altura o desaparecimento físico do seu Estado, igual que favoreceu no seu tempo a o Holocausto).

Quando reconhecemos estarem as urgências dos hospitais inçadas de pessoas desocupadas, quando reconhecemos que a culpa de estarmos enfermos é nossa, é que estamos, em fim, dando-lhe asas aos governos para falarem em copagamentos sanitários, já entregues todos ás suas armas fascistas e sem capacidade de agir pela derradeira conquista verdadeiramente democrática: o sistema sanitário público, ao qual se lhe vai pór fim, levando por diante o estado do benestar e, pelo tanto, pondo de manifesto o fracasso do liberalismo e o início duma autêntica era da negrura no mundo que vivemos... tão perigosamente.

Os tempos que correm, sendo maus aínda podem ser piores: ao copagamento sanitário falta-lhe que lhe ponham o carimbo. Esta-se cozinhando em debates televisivos nas televisões nazis espanholas desde faz tempo. Esta-se a sondar em cada debate; quando o fascismo atinge o poder as verdades desistem da razão, e já não importará que o conceito mesmo, de início, do Sistema de Saúde "público e gratuíto" seja falso: é público, mas não é gratuíto, como sabemos todos.

Mais uma vez, com a crença, aceite pelo comum das pessoas de bem, de que vivemos numa sociedade presidida pela maldade civil, damos-lhe asas aos fascistas que estão e aos que aguardam estar, prontos para nos governarem, para "corrigirem" as perversões dos cidadãos e poupar na saúde o que não pouparão em soldos de vice-reis, nem em intervenções militares nem na construção em cada vila de quinhentos habitantes dum palácio de exposições, um campo de futebol de erva artificial e aínda um auditório.

Por dizer verdade, cada presunção manifestada, a respeito da maldade civil (incivismo, picaresca...) recolhe-se na caixa de sugestões e preparam-se a caneta mais o carimbo.
::::::::::::::::::

Com a crise do comunismo, a queda do muro de Berlim, a esquerda ficou desnortada, confundida e re-fundada...

Não estamos a correr para a crise do liberalismo, com o liberalismo agindo mais afouto do que nunca??? confused


avatar
paulo

Mensagens : 117
Data de inscrição : 01/02/2011
Localização : sonhando com Dália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum