O Beiras e o Carvalho dele...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Beiras e o Carvalho dele...

Mensagem  Isabel em Qui Jun 23, 2011 1:32 am


Pois vaia defesa... Que fique com o "seu" Carvalho. Quem está cego não pode ver...

http://www.pglingua.org/especiais/carvalho-2010/3621-beiras-sai-em-defesa-do-lseur-carvalho-calero


Carvalho era un out-sider na universidade de aquela altura, e mesmo, para a gente mais conspicuamente pertencente ao stablishment académico-universitario, resultava simplemente um intruso. Carvalho tinha a carreira de letras ademais da de direito, como é sabido [...]. Mas nom chegara à cátedra de galego na Faculdade de Letras compostelana através do curriculum usual, e mesmo obrigado, para facer carreira docente na Universidade [...]: formar-se dentro de algumha das "escolas" encabeçadas por [...] autoridades académicas nos âmbitos da filologia românica, que "naturalmente" radicavam en Madrid ou Salamanca. [...] desde que chega[ra] de catedrático à Faculdade de Filologia Constantino García, que nom era galego nem se formara sequer inicialmente na Galiza, o círculo galaxiano, e nomeadamente Piñeiro e García-Sabell, começa[ra] a desenvolver umha operación de captaçom de Constantino, de assíduo cultivo do seu ego, que aginha desemboca[ra] num notório processo de promoçom deste personagem [...]. [...] tratava-se de estabelecer nela [na Universidade] cabeças de ponte para chegar a conquistá-la e galeguizá-la. Mas aginha derivou, em detrimento de Carvalho, numha posta em contrastaçom de Carvalho, o out-sider indígena, com Constantino, o pied-noir con pedigree académico comme-il-faut. E sobretudo, acabou aginha por derivar num corrosivo e soturno processo de deterioraçom do prestígio e da solvência científico-inteletual da obra de Carvalho [...]
avatar
Isabel

Mensagens : 276
Data de inscrição : 25/12/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Beiras e o Carvalho dele...

Mensagem  paulo em Seg Jul 04, 2011 12:25 pm

Tendes empenho em buscar aliados no nacionalismo: não existem.
Nunca nunquíssima qualquer nacionalismo galego vai apoiar a causa da língua verdadeira (a cada falam pior, de facto, o baralhete ou "farfalhete"); nem falta que lhes faz andar noutras angueiras.
Se trinta anos não foram avondo é que ficastes fóra do mundo, que nem é mau tampouco, porque mundos há muitos e uns servem, outros não.
BNG nem partido nenhum serve. Nem os discursos de sim mas não. Vale a canção de Deolinda; "Agora não, me dói a barriga (...); " "Agora não, que falta um impresso"....

E para o BNG e todas as ervas tristes, é que todos os días joga o Benfica...

Vai tu lá...
avatar
paulo

Mensagens : 117
Data de inscrição : 01/02/2011
Localização : sonhando com Dália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum