Não sabemos...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Não sabemos...

Mensagem  paulo em Sex Maio 20, 2011 1:35 pm

É pelo da Porta do Sol, Madrid, Espanha. País vizinho da nossa Portugaliza.

Alguns de nós estamos a fazer balanço e compilar informações.

Eu, por um lado nem sei, pelo outro nem digo nada.

E digo: Lá, em Madrid, Carlos Taibo palestra-se nos termos que conhecemos, respeito do seu ideário: ele bate certo no PPSOE, em CCOO/UGT, no militarismo e fala ele assim:



Por cá e por lá, e aínda não houve maçada policiar, cairom já as primeiras óstias de direita a esquerda; escuto do nacionalismo galego que atrás está UPyD e os falangistas; escuto que os de “Libertad Digital”, também da vizinha Espanha, dizem estar atrás etabatasuna, e falam eles assim:

http://www.massalamanca.es/a-fondo/3086-cesar-vidal-relaciona-a-los-jovenes-acampados-en-la-puerta-del-sol-con-eta.html

A muitos espanholistas, a imagem dada ao mundo enche-lhes de prazer: Espanha é o Egito da Europa. Imitam-nos -dizem-, e babejam com a cota de audiência (muito minguada na França, onde o escândalo do dirigente máximo do FMI se debate as 24 horas do día nas televisões em termos, como não, chauvinistas: “é tudo uma conspiração?”;” é o homem um violador ou apenas um sedutor?”... França tem seus pecados e sua cota de preocupações cuberta… e por isto baixa a lívido dos Upeidistas ou esquerdistas gostosos da sua própria Revolução das Batatas Fritas (essa cheia de bandeiras tricolores e bom humor), resulta que, á má praxe informativa francesa –a falarem os putanheiros deles próprios todo o tempo-, acrescenta a indignação o facto de não se amossarem bandeiras espanholas (apenas eu percebi uma republicana e outra de Tierra Comunera, ou como se chamar agora o independentismo castelhano).

Os da ultradireita não gostam, embora levem tempo a pedir que a gente se remova contra a situação –contra o governo, ou seja-; o que não entendiam antes (ficarem os jovens ás bebedelas e não botarem-se às ruas) era brincadeira. Agora já não lhes parece tão bem: já dissemos que atrás, para eles, andam batasunos: acrescento que apontam inopinadamente também, nesta altura, para Rubalcaba.

E na Portugaliza, Euskalherria, Països Catalães?.... pfff.

Somos “progres”, logo apontamos ao bombardeo; mas é um fenómeno espanhol, e aquí sobardam-nos e confundem-nos.

Nestes países gostariamos que a ideia fosse nossa, e fosse nacional, e também, claro, gostariamos que houvesse bandeiras.

avatar
paulo

Mensagens : 117
Data de inscrição : 01/02/2011
Localização : sonhando com Dália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não sabemos...

Mensagem  Esquerdolas em Sex Maio 20, 2011 9:11 pm

esse carlos taibo não é o reaccionário do decrescimento? no mundo árabe o islamismo, na europa os progres reaccionários.

Esquerdolas

Mensagens : 27
Data de inscrição : 26/02/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não sabemos...

Mensagem  paulo em Sab Maio 21, 2011 9:54 am

É-vos tudo tão...
Respeito muita gente da que se pronunciou nisto, mas...
Hoje é fácil movimentar gentes com as redes sociais; se manhã vas colher um avião a Porto e de súpeto espeçam a despir-se pessoas por centos, já não surprende: é-che cousa da net.
No fundo todos fazemos NADA na net. No meu caso é brincar e pronto. A incidência é zero, tudo passa e nada fica... Neutral

Mas outro conto são os de uma televisão da ultradireita que são um mundo patéticos e estão a botar-lhe todo o lixo quanto podem aos movimentados... têm por logotipo um touro e são para rir, de tanta caricatura que se autofam... de não ser que há quem acredita, e isso é um novo conceito de tele-lixo que aínda não fora ensaiado até há bem pouco; e de contrário dos "reality-show´s" sim é autêntica e genuinamente espanhol rabbit

Era-vos por falar neles; apetecer-me-ia falar porque põem cor na minha vida triste. Pode-se ver meia dúcia de con-contertúlios (autotertúlios, ou seja) com copos de vinho acima da mesa e removendo na merda cum pauzinho, sem nojo na cara, nem nada. Mais bem fam-no gorentosa e autocompracidamente. Os efeitos do vinho, e assim. drunken

E aínda acrescento que, na minha pessoal opinião, não fica mais esperança para cada um que o buraco no que cada qual possa meter-se...
Sem fazer ruido.
Caladinhamente ir passando.
Como a tarde.

Manhã tanto faz ir lá como não ir. Lá na caixa, onde os votos, digo. Eu seguramente irei porque tampouco muito trabalho não é. Eu fui educado em democracia e cristandade. À misa já só vou em festejos ou passamentos, e a votar aínda só faltei uma vez e total era para Europa, assim que pfff. confused
avatar
paulo

Mensagens : 117
Data de inscrição : 01/02/2011
Localização : sonhando com Dália

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não sabemos...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum