FMI/Tunísia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FMI/Tunísia

Mensagem  Morcego em Seg Jan 17, 2011 3:43 am

O FMI e a Tunísia: era preciso controlar as despesas…

Um artigo no Esquerda.net, intitulado “FMI dizia que Tunísia era exemplo”, levou-nos a procurar mais informação, no próprio site do Fundo Monetário Internacional. Para os nossos leitores destacamos parte de um artigo, de Setembro último, que faz um “exame à saúde económica”, da autoria de responsáveis regionais do FMI. Nestas breves linhas encontramos facilmente várias expressões que nos são comuns, como “controle das despesas”, “reforma do sistema de segurança social”, “conter os subsídios, “reforçar o sistema financeiro”, "aumento da taxa normal do IVA", e por aí fora.
FMI - Departamento do Médio Oriente e Ásia Central

A manutenção de um ambiente macroeconómico estável, que promova o emprego e o crescimento também exige determinação no controle das despesas, disse a avaliação do FMI. Chave para o sucesso nesta área é a reforma do sistema de segurança social. Para este efeito, as autoridades estão em discussão com os parceiros sociais sobre as reformas das pensões, para reforçar a sustentabilidade financeira do sistema de pensões. O governo também deve encontrar formas de conter os subsídios de alimentos e combustíveis, apontou o relatório.

As autoridades estão também a realizar reformas para tornar o regime fiscal mais favorável aos negócios. As comparações internacionais com outras economias dos mercados emergentes mostram que a carga fiscal sobre as empresas é relativamente elevada na Tunísia, e que há margem para aumentar o rendimento dos impostos sobre o consumo. Para promover o investimento privado e o emprego, as autoridades pretendem reduzir as taxas de imposto sobre as empresas e para compensar essa redução pelo aumento da taxa normal do IVA e expansão da base tributária, através da eliminação de isenções, observou o relatório.

A estratégia de crescimento da Tunísia também inclui um pacote de medidas para reforçar o sector financeiro através da consolidação da solidez financeira dos bancos, reforço do papel dos bancos na economia, a reestruturação do sistema bancário público e reforçar a presença de bancos tunisinos no exterior. O objectivo, em última análise, é transformar a Tunísia num centro de serviços bancários e de um mercado financeiro regional.

Para reforçar a capacidade do país de se adaptar às mudanças no ambiente económico global, as autoridades também pretendem modernizar o enquadramento da política monetária, através da introdução de metas de inflação, e implementar convertibilidade do dinar e a liberalização da conta de capital em 2014. A avaliação do FMI disse que esta estratégia exigiria um trabalho preparatório significativo, particularmente o reforço do sistema bancário e o aprofundamento do câmbio, dinheiro e mercados de capitais. O relatório observou também que as autoridades teriam de tomar medidas adicionais, para garantir a dependência crescente das taxas de juro, como meta operacional da política monetária.
Tradução vermelhos.net

http://www.vermelhos.net/index.php

Morcego

Mensagens : 48
Data de inscrição : 25/12/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum